Tratamentos Contra as manchas de pele

Ácido retinoico + Hidroquinona: as fórmulas feitas com estes dois componentes são bastante usadas e a concentração de cada um dependerá do tipo de pele, profundidade da mancha e outros fatores individuais que são analisados pelo dermatologista em cada caso. Em algumas ocasiões, recebem corticóides para aumentar a eficiência das fórmulas. Os efeitos colaterais são descamação e pele levemente rosada. Eles devem ser aplicados à noite e de preferência no inverno. São receitados numa consulta simples ao dermatologista.

Microcauterização: um dos métodos mais eficientes e simples para tratar sardas escuras e claras, melanoses (manchas localizadas), queratoses actínicas e pintas superficiais. Um aparelho com ponta finíssima e quente é aplicado em cima de cada lesão. A carga elétrica causa destruição da mancha indesejada. O processo pode ser feito em qualquer tipo de pele e o dermatologista aplica cremes anestésicos ou anestesia local em cada lesão antes de realizar o procedimento, que é rápido e de baixo custo, podendo ser feito durante uma consulta simples. O efeito colateral é deixar crostas por 10 dias no rosto e de 15 a 30 dias no resto do corpo.

Neve Carbônica: ideal para loiras e ruivas e quase indolor, este método consiste numa ponta congelada de um aparelho aplicada sobre as lesões que são destruídas pelo frio intenso. Deixa crostas por um período de 10 a 30 dias e necessita de três aplicações para garantir resultados satisfatórios.

Amelan: a aplicação é feita no consultório com um dermatologista e há uma manutenção em casa. Este método é usado para tratar de melasmas e cloasmas. Há uma leve descamação e vermelhidão que pode ser disfarçada com o uso de protetor solar e hidratante.

 

Beijinhos, Isa*

publicado por Isa * às 23:56 | link do post | comentar